Não percam os concertos gratuitos no Teatro Colón!

Ontem de manhã, com o frio que estava, fomos para o Teatro Colón ver a apresentação do Ensamble de Percussão da Fundação Cultural Patagônia. O concerto faz parte de uma série de atividades gratuitas que oferece o teatro, sempre ao domingos, às 11h. As entradas são entregues nas sextas-feiras, na bilheteria, das 10h às 22h. O endereço é Tucumán 1171 • Telefone 4378 7109

Nunca tinha ido a estes concertos gratuitos e me pareceu uma ótima oportunidade de conhecer este que é um dos teatros mais lindos do mundo e também formações diferentes, como a que a gente viu ontem. O evento foi super didático, com direito a uma aula sobre marimba, instrumento super popular na Guatemala e pouco conhecido por aqui. Uma pena que não tenho um vídeo de ontem!

 

Deixo abaixo a lista das próximas apresentações (agosto e setembro). A agenda completa está AQUI. 

Agosto

04.08.2013 • 11:00 am –  Fernanda Morello, piano e José Araujo, violoncelo

Franz Schubert: Sonata em La maior “Arpeggione”
Claude Debussy: Sonata em Re menor
Edvard Grieg: Sonata em La menor, Op. 36

18.08.2013 • 11:00 am – Orquestra Acadêmica do Instituto Superior de Arte do Teatro Colón

Direção: Guillermo Scarabino

Obras sinfônicas que integram o primeiro semestre 2013 da “prática orquestral” para a formação de profissionais de alto nível competitivo.

Setembro

08.09.2013 • 11:00 am – Coro de crianças do Teatro Colón

Direçao: César Bustamante

“Sons do mundo”
Uma viagem através das rodadas e canções que as crianças cantaram desde a antiguidade até os dias de hoje em vários países. DeAfonso, o Sábio, O Cancioneiro Palacio, através de canções populares e arranjos de compositores europeus (Javier Busto, Sara Shoham, Nani Roda, Yang Hong Nian, entre outros).

09.09.2013  • 11:00 am – Jorge de la Vega, flauta, Mariano Rey, clarinete,  Fernando Pérez, piano

Músicos invitados

“Ar de Latino América”
Carlos Guastavino: Suíte
Paquito D´Rivera: Som e contradança
Mario Herrerías: Vara de fogo
Fernando Morais: Samba
Ernesto Lecuona: Vals venezuelano

 

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *