As novidades do Mundial de Tango 2014

mundial_tango_mederos

Dia 19, show de Rodolfo Mederos

O Festival e Mundial de Tango 2014, apresentado esta semana e que acontece de 13 a 26 de agosto, em Buenos Aires, chega cheio de novidades.

A principal delas é a concentração de todos os eventos em  La Boca.

 

Nos anos anteriores era no Centro de Convenções. Depois, no ano passado, uma parte no Centro e uma parte em La Boca – e ficou inviável aproveitar tudo em função da distância.

Vamos ver se agora funciona tudo no mesmo lugar…

A base do evento será na Usina del Arte, ao lado de um novo espaço para o festival, onde ocorrerão os principais shows. Pertinho dali, no GALPÓN DE LA BOCA (Caboto, 1064), as aulas de tango e milongas.

O prédio fica a poucas quadras da Usina e tem 10 mil metros quadrados, distribuídos em cinco estúdios que normalmente são usados para produções de televisão e publicidade. Este lugar será a sede da MILONGA DEL PUERTO, onde serão realizadas muitas atividades de baile.

Também ocorrerão atividades no MUSEO DEL CINE, TEATRO DE LA RIBERA, RADIO BAR e na PISTA URBANA.

Mundial de Tango – Música

Na área musical, o festival é uma boa chance de escutar os novos nomes do tango, como Hernán “Cucuza” Castiello, Orquesta Típica Agustín Guerrero, Cuarteto Revirao, Respiro e o Trío Asato-Noya-Venturini, que se cruzarão no palco com Raúl Lavié, Osvaldo Berlingieri, Sexteto Mayor, Adriana Varela, Rodolfo Mederos, Néstor Marconi e muitos outros velhos conhecidos do público.

Além da seções LOS CLÁSICOS DO FUTURO, há sub-seções como Nuevos Ensambles, Nuevas Típicas, Cantores de Hoy, Biromes y Servilletas, Compositores e Coreógrafos e Tango Garage.

Mundial de Tango – Dança

Para quem dança, a Milonga del Puerto será uma “megapista de baile”, com música ao vivo, DJs, exibição de baile e aulas, que funcionará das 14h às 22h no El Galpón de La Boca. Entre as orquestras que vão incendiar as pistas deste espaço estão La Juan D’Arienzo, Orquestra Típica Esquina Sur, Color Tango, El Sexteto Milonguero, entre outras. Haverá, também nesta sede, uma homenagem a Alberto Podestá, con sua presença.

No quesito aulas, uma as novidades é divisão de tango salão e cenário. Boa!

Em simultâneo, o já clássico Mundial de Baile –que conta com inscritos do mundo. As rondas classificatórias e as semi-finai serão na Usina del Arte, mas as finais seguem no Luna Park, dias  25 e 26 de agosto, respectivamente.

 

Como conseguir entradas

Como sempre, as entradas são gratuitas, mas é preciso ter paciência e fazer fila.

Luna Park: As entradas para as finais das categorias Tango de Pista e Tango Escenario, que serão no Luna Park, nos dias 25 e 26 respectivamente, serão entregues dia 18 de agosto (uma segunda-feira), às 11h Casa de la Cultura, Av. de Mayo 575, até esgotar os lugares. Podem ser retiradas duas entradas por pessoa. É PRECISO CHEGAR CEDO!

Usina del Arte: As entradas para s shows no Auditório e na Sala de Câmara, assim como as entradas para as semi-finais (dias 22 e 23) se entregarão 1 (uma) hora antes do evento, no posto de informações da sede. Se poderá retirar 1 (uma) entrada por pessoa. O ingresso para as rondas classificatórias e livre e por ordem de chegada.

Galpón de La Boca, Teatro de la Ribera, Radio Bar e AMIA: O  ingresso será por ordem de chegada, até lotar a sala.

Pista Urbana: As entradas para os concertos programados na Pista Urbana se entregarão 1 (uma) hora antes de cada espetáculo, no Posto de Informações da sede.

Museo del Cine: Uma hora antes de cada espetáculo, duas entradas por pessoa.

Entradas para aulas

Eles dizem que é para estar lá 30 minutos antes das aulas, mas não adianta. Se você não chegar pelo menos uma hora antes não consegue fazer nada. As aulas serão na Usina del Arte. As classes no Galpón de La Boca não exigem inscrição prévia. Confira os horários e professores.  

A programação completa pode ser consultada em www.buenosaires.gob.ar/festivales

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *