Dica Anuva: 5 vinhos argentinos para tomar na primavera

A  ANUVA WINES é um dos poucos e seletos parceiros comerciais do AQUÍ ME QUEDO, uma empresa que oferece uma das melhores degustações de vinhos de Buenos Aires e com quem tenho muito prazer de começar um trabalho mais estreito.

Fiz a degustação com eles em maio deste ano, e recomendo a todos que queiram aproveitar a viagem a Buenos Aires para entender um pouco mais de vinho. Leiam o post completo sobre como é a degustação

Eles trabalham basicamente com vinhos “boutique”, que a gente não encontra normalmente nos supermercados. O preço é bem bom (vocês vão ver abaixo) e a Anuva envia para qualquer lugar do mundo. Para mais informações sobre compras, cliquem na página oficial. 

Pedi à Anuva para eles mandarem este mês umas dicas de vinhos mais leves, para tomar na primavera. A lista é perfeita para quem quer começar a experimentar mais vinhos brancos e a decobrir o Torrentés, a única cepa totalmente argentina!

1. CarinaE Chin Chin Espumante.  Os espumantes são perfeitos para a primavera. Este, especificamente, tem aromas de frutas brancas no nariz, é bem delicado e tem acidez balanceada. Importante: não se deve colocar o espumante no congelador! Todo mundo já fez isso, né? A pressão contida na garrafa pode fazer com que ela exploda. A forma correta e segura de servir é colocar a garrafa de espumante em um balde de gelo com água, para melhor distribuir a temperatura, de trinta a quarenta minutos antes de tomar.

chin chin (1)

US$ 25

2. Mairena Torrontés de Familia Blanco. Torrontés é a unica cepa totalmente argentina e é um vinho muito floral. O Valle de Cafayate, em Salta, ao norte do país, está ganhando uma forte reputação no mundo graças ao cultivo desta variedade. Essa zona possui um microclima especial. Os vinhedos atingem altitudes de 3.000 m e a chuva é muito escassa, permitindo um desenvolvimento excepcional da videira.

Mairena_Torrontes (1)

US$ 20

3. Absoluto Torrontés de El Provenir De Cafayate. Outro vinho frutado e floral, que lembra a rosas. Jovem, fresco e bem equilibrado.
anuva_amautatorrontes (2)

US$ 18

4. San Gimignano Chardonnay de Mevi. Este vinho é 100% chardonnay, com aromas de frutas tropicais e cítricos. Balanceado e elegante.

anuva_sangimichardonnay (1)

US$ 18

5. Las Perdices Pinot Noir. O Pinot Noir é um vinho leve, de corpo médio, perfeito para quem prefere seguir com os tintos, mesmo na primavera. Este, do Las Perdices, é um Reserva e tem aromas de framboesas e cerejas. Na boca, é bem delicado, com taninos suaves e notas de baunilha.

anuva_pinot noir (1)

US$ 28

As regiões produtoras da Argentina

Cuyo – Mendoza, San Juan e La Rioja; você provavelmente bebeu um malbec desta região, por aqui são produzidos 80% dos vinhos do país, sendo Mendoza a principal estrela.

Patagonia – Neuquém, Río Negro e La Pampa; os vinhedos mais ao sul do planeta são próprios para caldos mais delicados, tanto de brancas como sauvignon blanc como as tintas pinot noir e refinados malbec.

Norte – Salta, Catamarca e Tucumán; aqui estão os vinhedos de maior altitude da Argentina.

 

Anuva Wines  – degustação 

Como reservar? Através do site da Anuva Wines. As degustações são em inglês! Para degustações em espanhol, pedir com antecipação pelo email information@anuvawines.com.

Valor: U$ 52 doláres, pagamento com cartão de crédito.

O que inclui? Degustação de 5 vinhos de produção limitada de bodegas boutiques e  5 pequenos acompanhamentos para cada um deles.

Duração:1h30min – 2h.

1 Comment

Deixe uma resposta para Francisco Monteiro Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *