Buenos Aires para não videntes

999328_613945915290115_1000204715_n

Meu post inicial ia ser somente sobre tango para cegos, mas resolvi ampliá-lo e tive uma boa surpresa. Há várias opções de passeios na cidade para quem tem problemas de visão ou é totalmente não vidente. Certamente ainda não é o ideal, mas já é algo. Vamos lá!!!

zoo

Explorando outros sentidos…

1. Zoológico – Já tem um tempo que o Zoológico de Buenos Aires oferece passeios para não videntes. A iniciativa foi de uma empregada cega que trabalhava no setor administrativo e hoje é guia.

Durante o trajeto são explorados os outros sentidos como o tato e o olfato, para que as pessoas possam se aproximar, experimentar e entender o mundo animal e suas particularidades. É dada especial atenção à anatomia externa, os ruídos que fazem, a temperatura corporal e seus olores, por exemplo. É preciso agendar por email ou telefone.

 

vinho

Ganharam mais uma consumidora! Amei.

2. Cardápio e rótulos em braile – Buenos Aires tem 262 restaurantes que oferecem a carta em braile, resultado de uma lei de 1998. Ou pelo menos este é o número cadastrado no Guia Óleo. Recentemente foi lançada pela vinícola Finca Abril a primeira linha de vinhos com etiquetas em braile.

A ideia é do super reconhecido somelier não vidente  Pablo Carozo, depois de ter sido convidado para uma cata na bodega. Aqui há uma matéria específica sobre o tema.

3. Biblioteca Argentina para Cegos – É uma entidade não-governamental que tem um super acervo em braile, inclusive com as obras do nosso cego mais querido, Jorge Luis Borges. Oferece ainda cursos de informática e alguns esportes.

  • Borges Jorge Luis:
    Antología personal; 2 Tomos. Nº 2754.
    El informe de Brodie; 2 Tomos. Nº 1107.
    El aleph; 3 Tomos. Nº 1694.
  • Borges J. L., Ocampo S. y Bioy Casares A.:
    Antología de la literatura fantástica; 6 Tomos. Nº 1295.
  • Borges Jorge L. y Bioy Casares A.:
    Cuentos breves y extraordinarios (antología); 2 Tomos. Nº 3064.

 

5. Biblioteca Nacional, Salão de Leitura para Não-videntes – Criada em 1993, oferece também um super acervo e serviços que incluem gráficos em relevo, possibilidade de tomar notas em braile, consulta a material bibliográfico, de hemeroteca e em aúdio. Há vários outros serviços. Informações: 4808.6018

buenos aires para nao videntes

Um universo para teus sentidos

 

5. Planetário –  O Planetário para Cegos é uma atividade desenvolvida em parceria com a biblioteca que citei acima. Em cada apresentação se combinam mapas celestes táteis com gráficos em relevo, relatos breves, música e efeitos sonoros.

Durante a exibição, que dura meia hora, o público não vidente não apenas reconhece a localização e características das estrelas mais destacadas no céu austral como também aprendem sobre outros temas de astronomia, como as distancias no espaço, a escala do universo e outros dados curiosos. Bacana!

buenos aires para nao videntes teatro ciego

Agora também com um espetáculo infantil.Vale a pena.

5. Teatro Ciego – Oferece no momento oito espetáculos que são realizados, todos, na mais completa escuridão. Eu já assisti o A Ciegas Gourmet, que é um jantar musical bem interessante. Eles oferecem a possibilidade de menu vegetariano, mas tem que pedir com antecedência. Eles também estão em cartaz com Mi Amiga, la obscuridad, primeira peça infantil sobre o tema.

buenos aires para nao videntes

Clássico!

6. Tango para não videntes – Tanto a Biblioteca Nacional quanto o Teatro Ciego oferecem aulas de tango para não videntes. No caso do teatro, há também classes de atuação, expressão corporal e clown. Todas são abertas também a videntes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *