Dica de leitura: É necessário dois para bailar um tango

Livro-tango

Também em ebook

Embora a Argentina tenha se debruçado e produzido muitíssima biografia sobre o tango música, há pouquíssimo material sobre a dança. Quase nada, para dizer a verdade. Em português, então, nem pensar. 

Por isso meu orgulho duplo de divulgar aqui no blog o livro da Lorene Soares, É PRECISO DOIS PARA BAILAR UM TANGO,  que trata dos mistérios do baile de tango em seu ambiente mais tradicional, ou seja nas milongas da cidade de Buenos Aires.

E também sobre um tema super interessante:  “Tango e Vínculo”, a partir dos conceitos Análise Bioenergética. 

Livro tangueiro

O livro é a publicação da tese de doutorado que a Lorene (que também é Diretora de Comunicação da Federação Latino Americana de Análise Bioenergética – FLAAB), defendeu no ano passado na PUC/SP.

IMPORTANTE: não precisa ser um super especialista no assunto para desfrutá-lo. A Lorene escreve de um jeito que parece que está conversando com a gente e na hora dos conceitos complicados, tá tudo explicadinho para a galera que não é da psicologia, como eu.

Se você querem saber como funciona uma milonga em Buenos Aires, não deixem de lê-lo. Está TUDO lá! Há um capítulo sobre a história do tango, outro esmiuçando todas os códigos milongueiros, e ainda alguns que abordam temas “espinhosos” para quem dança, como a ideia da relação perfeita, as frustrações, o tédio da monogamia tangueira, as pragas emocionais!

Bom, mas quero seguir contando porque meu orgulho é duplo: porque foi a partir desta tese que a gente se conheceu.

Ela me escreveu, pedindo para usar neste trabalho as fotos sobre tango que publicava no blog. Obviamente que eu disse sim. Quando a tese foi terminada, ganhei um exemplar! A gente se encontrou para conversar e nunca mais perdemos o “vínculo”.

lorene, edu y yo

“O tango não evoca uma identidade geográfica, e sim afetiva. Uma identidade de relação, de vínculo”

 “A distância que separa uma tanda da outra, que pode ser de dias ou até de anos, incrementa as possibilidades do novo encontro. Esta distância entre tandas, assim como a contenção no tango, amplia as possibilidades da formação de vínculo. O momento vivido numa tanda, para além do estético, é um momento de afirmação, de pura presença. O que se passa entre as duas pessoas que bailam o tango é em grande parte inominável. Pois se trata de uma composição com improviso, que pode levar a uma intensidade apenas vivida no aqui e agora”.

lorene-soares.jpg

Em ação, com  filho Rael!

Para completar, semana passada a Lorene recebeu o prêmio “Tango de Oro”, em sua 13ª edição, juntamente com Muller Dantas, Gabi Rauscher, Adriano Silva e Mary Hokazono.

Este premio é concedido aos brasileiros que tiveram contribuição para o desenvolvimento do tango e é entregue pela Fundación Josué Quesada.

Super orgulhosa!

 

SERVIÇO:  O livro pode ser comprado n LIVRARIA CULTURA, na AMAZON (ebook) e na LIVRARIA FRANCESA, em São Paulo.

 

9 Comments

  • Maria de Fatima Prevedelo disse:

    AMEI ESSA REPORTAGEM! EU ADORO TANGO, DANCEI MUITO QUANDO MORAVA NA EUROPA. INFELIZMENTE AGORA QUE VOLTEI PRO INTERIOT DO BRASIL NAO DANCO MAIS!! A JULIO VOU PRA B. AIRES PRA DANCAR, PORQUE TO DOENTE SEM O MEU TANGO!!! BESOTE, FATI.

  • Marcelo Pria disse:

    Quando li o “É necessário dois para bailar um tango” pela primeira vez fui imediatamente arrebatado pelo apaixonante universo tangueiro. Me peguei de olhos fechados, ouvindo os tangos citados no livro, como se em Buenos Aires estivesse, sem nunca ter estado lá. Este livro tem esta magia, a magia de quem tem uma verdadeira paixão pelo que escreve e consegue transmiti-la em cada linha, em cada palavra. Assim, tive de lê-lo mais uma vez e mais outra, destas vezes para verificar os detalhes e aspectos históricos com maior atenção, sem deixar passar nada. Mas a sensação é sempre a de estar bailando com a Lorene Soares, ela nos conduz com maestria em uma dança apaixonada e vibrante, ao mesmo tempo em que nos entregamos ao seu abraço e nos deixamos levar em uma dança inesquecível. Eu, que já sou seu parceiro de milonga na clínica, pude ter o privilégio de dançar com a Lorene mais um pouquinho com este livro. A dança, cada vez mais comprovo isso em meu próprio corpo, é uma das expressões mais potentes de vida!

  • Isabel Santos disse:

    A Lorene Soares simplesmente traduziu em palavras o que é mais difícil expressar….o sentimento, as sensações, as emoções que fazem com que aqueles que entram no mundo do Tango, simplesmente não conseguirem sair mais……. Eu me surpreendi com tamanha habilidade nesse sentido. Me vi em todas as situações descritas sobre o ambiente tangueiro. Impressionante !!!

    Uma pesquisadora com talento dos grandes escritores que transformam assuntos de abordagem complexa em leitura estimulante e prazerosa, daquelas que o leitor não consegue parar antes do fim ! Sorte a nossa, tê-la como porta voz da dança !!!

    PARABÉNS LORENE PELO PRÊMIO TÃO RELEVANTE !!! Esse é um reconhecimento de muito valor, já que foi conferido pelos próprios argentinos, que teem no Tango seu maior patrimônio cultural !!!

  • Ana Lúcia Maranhão disse:

    Gisele, sou de Salvador e danço tango há alguns anos. Faço parte da ABATANGO, A Associação Bahiana dos Amantes do Tango. É possível nos encontrar no facebook.
    O fato de ser também psicóloga, me atraiu para este livro. Pedi na Cultura, e eles disseram que estava esgotado. Fui para o site da livraria francesa e o frete ficou 39 reais! Será que tem alguma outra forma de eu ter este livro?
    Além disso quero te dizer que tem sido muito bom ler seus posts, eu os acompanho desde meu começo com o tango! Gratidão e Carinho, Ana Lúcia Maranhão

    • Gisele Teixeira disse:

      Ana Lucia, busca o nome da Lorene no Facebook e pergunta diretamente para ela. Igual vou encaminhar a ela teu email. Assim que tiver uma resposta te aviso.

      • Eduardo disse:

        Bom dia Gisele, parabéns pelo site.
        Vcs obtiveram algum retorno da autora para aquisição do livro?
        Estou com os mesmos problemas da Ana.
        E, por incrível que pareça, não tenho conta no Facebook.
        Grato

        • Gisele Teixeira disse:

          Eu aconselho que vcs escrevam para a Lorene! lorenesoares@uol.com.br
          Na verdade nós somos amigas, mas não sei de nada desta parte de vendas.
          Tenho 3 livros para vender, mas esta em Buenos Aires.
          Igual, também da para comprar por Amazon e ler online.

  • Cissa disse:

    Comprei pela Amazon , já que na cultura está esgotado. Agora começar a ler! Valeu a dica! Beijão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *