Minissérie Animal mostra minha terra para o resto do Brasil

animal2

Gravações nas Minas!

Com 13 episódios,  a primeira temporada da série ANIMAL estreia dia 6 de agosto, às 23h, no GNT, resultado de uma parceria inédita entre a TV Globo e a Globosat.

E o melhor: todas as locações foram na minha terra natal, Caçapava do Sul, no Rio Grande do Sul.

Quando estive lá da última vez, eles estavam plena gravação, todo mundo em “polvorosa”, como dizem os gaúchos.

O lugar é lindo e o enredo bem estranho… CURTAM O MAKING OF

animal-edson_celulari

Celulari no papel principal

O personagem principal é Edson Celulari, que sofre de Teriantropia – um distúrbio mental que faz com que ele pense que é um bicho – no caso, um puma.

A doença existe mesmo!

Não é que ele se transforme num puma, mas ele imagina que é um.

A minissérie foi rodada em Minas do Camaquã, durante quatro meses, e tem roteiro e direção do cineasta gaúcho Paulo Nascimento.

As “Minas”, como a gente chama o lugar, é uma pequena cidade cerca de Caçapava, com cerca de 300 habitantes, fundada pelo playboy e empresário Baby Pignatari (1917-1977) para abrigar os funcionários de sua mineradora. Foi transformoada em Monte Alegre para a série.

E, além de servir de cenário, hospedou toda a equipe e o elenco entre março e junho, período de gravações. Atualmente funciona por lá o MINAS OUTDOOR SPORTS, um centro de esportes de aventura que eu já testei e amei!

animal_minas

O lugar é assim de lindo! Foto Gisele Teixeira

 

Além de Celulari na pele do biólogo João Paulo Gil, o elenco inclui ainda nomes como Cristiana OliveiraZé Victor Castiel,Marcos BredaFernanda MoroNelson DinizClemente Viscaíno e Leonardo Machado.

animal-ana-carolina

E mais! Tenho gente da família no elenco. Ana Carolina Beck Bevilaqua, essa bruxinha da foto, faz uma ponta na minisérie!

O arco principal, que perpassa os 13 episódios, mostra a busca do biólogo por sua cura e sua tentativa de descobrir quem matou seu pai, numa caçada, décadas antes em Monte Alegre. Mas não é só isso. Cada episódio conta uma história com começo, meio e fim.

“São situações inusitadas, mas com embasamento científico. Não é realismo fantástico.

É uma série de ação e suspense, mas não é policial”, disse o diretor para o jornal O GLOBO, destacando que teve liberdade para “transgredir”: — Há personagens muito loucos, como um médico alemão que trabalha com doentes mentais numa clínica, mas não é bem isso. Um fazendeiro que pensa que é (o escultor) Rodin, mas tem um grande segredo.

A trilha sonora também é Animal

Além dos cenários, a produção de 13 episódios de 47 minutos cada também tem som sulista: o cantor e compositor Silvio Marques assina a direção musical e todas as trilhas incidentais.

Além disso, todas as canções são de compositores gaúchos gravados por diferentes intérpretes – como Ná Ozzetti cantando Romance, de Nei LisboaSerginho Moah revisitando a Canção da Meia-Noite, clássico dos Almôndegas, e Zizi Possi interpretando a música De Manhã – parceria de Paulo Nascimento e Silvio Marques.

Confira abaixo, Zeca Baleiro cantando a linda Armadilha, de Nelson Coelho de Castro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *