Tango & milongas

Tango & Milongas

O brasileiro Robert Serbinenko está em Buenos Aires para divulgar o livro “Tango & Milongas – De Gardel a Troilo”,  publicado pela Pomar de Ideas Editoras. O lançamento oficial foi ontem, na Academina Nacional e Tango, mas ele estará também na próxima terça-feira, 22 de agosto, na milonga Catedral. No Brasil, sessão de autógrafos é dia 30 de setembro, na livraria Quixote, em Belo Horizonte.

TANGO & MILONGAS

Tango & Milongas Robert Serbinenko

O semiólogo francês Roland Barthes diz que a fotografia repete, mecanicamente, o que nunca mais se repetirá existencialmente. Essa afirmação, se aplicada ao tango, deixa tudo ainda mais interessante. Porque a gente pode dançar o mesmo tango, com a mesma pessoa, no mesmo lugar, com a mesma atmosfera….mas ele sempre será diferente. O abraço, a emoção, o sentimento são irrepetíveis. Que um fotógrafo chegue e capte esse instante é magia pura. No caso do livro “Tango & Milongas – De Gardel a Troilo” são mais de 60 “instantes mágicos”, retratados por Serbinenko em Buenos Aires desde 2008.

Tango & Milongas Robert Serbinenko

Descubra o arquivo tangueiro de Aquí me Quedo 

 

O livro tem apresentação Juan Carlos Torné, neto de Zita, última mulher do maestro Aníbal Troilo. “Quem sabe, em algumas dessas fotos, encontraremos o momento exato para poder sonhar e voar”, diz em seu texto, no qual ainda destaca que a comunhão entre fotografia e tango é a ponte perfeita entre Belos Aires – Buenos Horizontes. Durante o lançamento, na Academia Nacional de Tango, Torné destacou a importância do olhar estrangeiro sobre as coisas locais, que às vezes nos mostra o que não vemos mais em função da cotidianidade.

Gabriel Soria, presidente da Academina Nacional de Tango, afirmou que a beleza dos livros de fotografia é permitir que cada pessoa faça sua própria leitura. “O texto do autor está em todos cliques, que abrem a possibilidade para os nossos”, disse.

Tango & Milongas Robert Serbinenko

Milongas em Buenos Aires: a rota do tango 

 

Robert Serbinenko começou a fotografar em 1985. Entre suas exposições individuais estão “Estados de Espírito” (São Paulo, 1991), “New York…Personagens” (Belo Horizonte, 1994) e “Amor – Entre o Real e o Virtual” (Belo Horizonte, 2000). Em 2014, produziu o vídeo que integra o projeto 100 Bandoneones, 100 Ciudades, em comemoração ao centenário de Aníbal Troilo. Saiba mais sobre o autor em seu site oficial 

Tango & Milongas – De Gardel a Troilo

Guardem as datas:

Dia 22 de agosto: milonga La Catedral, Buenos Aires.

Dia 30 de setembro: Livraria Quixote,  Belo Horizonte.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *