Onde fazer cursos bacanas em Baires

Buenos Aires tem uma oferta gigantesca de cursos, sobre tudo o que a gente pode imaginar. Falta é tempo! Deixo aqui uma lista dos lugares que eu mais gosto, e busco, quando quero aprender algo novo. Há propostas de longa duração, mas também programas curtos, de apenas algumas semanas e até um dia. Uma boa forma de praticar o espanhol aprendendo outras atividades.

O Rojas é BBB – bom, bonito e barato

Centro Cultural Ricardo Rojas 

 Este é disparado um dos lugares  com mais oferta.  Há “de um tudo”. Melhor chegar já com algo em mente, para não se desesperar. Porque a gente vai querendo fazer o de escritura e fica tentado a se inscrever no de malabares!

As inscrições são abertas duas vezes por ano, normalmente em marco e julho, para primeiro e segundo quadrimestre e os preços são super camaradas.

Os cursos se dividem em capacitação para o trabalho (com cursos que vão de administração ao turismo) e cultura – com opções como técnicas diferentes de pintura, como Aguada Japonesa,  história (sobre diferentes aspectos da história universal ou de Buenos Aires), todas as técnicas de circo, línguas em geral, incluindo russo e coreano, talleres de escritura sob diferentes aspectos, fotografia, dança e por aí vai. Muitas possibilidades.

Além disso, o espaço tem galeria de arte, cinema, sala de teatro e cafeteria. Um achado! Entrem na página e cliquem em cursos.

Os cursos mais alternativos estão aqui

Centro Cultural Espanha Buenos Aires 

Esse é um dos lugares que oferece os cursos mais alternativos e de vanguarda. Busquem os itens convocatórias (para bolsas e concursos) e também espiem a agenda, para conferencias e debates. Infelizmente a crise na Espanha reduziu um pouco as atividades do centro aqui, mas a gente espera que seja temporário.

Centro Cultural San Martin

Um achado para a galera das artes cênicas! Sao 13 andares e quatro subsolos com oficinas de tudo o que vocês puderem imaginar que seja necessário num espetáculo: de treinamento para monólogos, técnica vocal e casting a iluminação a confecção de sapatos e roupas. Espiem AQUI. Ano que vem quero fazer o curso de fotografia para espetáculos, com Carlos Furman.

Malba, o melhor para literatura

Malba

O Museu de Arte Latino Americano dá um show quando o tema é literatura. Os melhores cursos nesta área são lá, sem dúvida.  No momento estão com inscrições abertas para um seminário sobre Manuel Puig: oito novelas, a cargo de Daniel Link, e para o Seminário de Introdução à obra de Samuel Beckett, por Lucas Margarit. Tudo AQUI. 

Associacao dos Amigos do Museu de Bellas Artes

Programação de cursos focados em arte, obviamente.

Centros Culturais do Governo da Cidade

Os centros culturais dos bairros sempre oferecem cursos de diversas modalidades. Eu faco tango, por exemplo, todos os domingos, no Centro Cultural Centeya. Em geral as classes são gratuitas. AQUI tem uma lista de todos os centros e as atividades que oferecem.

Alguém tem mais alguma dica para incluir neste post? Manda pra gente!

5 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *